Notícia

Panorama ODS sobre Corbélia está disponível

segunda, 29 de abril de 2019
O projeto propõe diálogos intersetoriais para entender a realidade de cada município e estimular a municipalização dos ODS

Em 2015, os países-membros da Organização das Nações Unidas (ONU) firmaram o documento “Transformando o Nosso Mundo: A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável”, um acordo que serviu para ratificar o compromisso dos países em adotar medidas transformadoras que visam promover o desenvolvimento sustentável nos próximos 12 anos por meio dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Dados confiáveis, de qualidade e acessíveis serão necessários para subsidiar a adoção e o monitoramento dessas medidas pelos países, estados e municípios.

No nível nacional, os governos estão desenvolvendo seus próprios indicadores para acompanhar o progresso dos objetivos e metas e para facilitar o monitoramento da implementação da Agenda 2030. No Brasil, um país de dimensões continentais formado por mais de 5000 municípios, localizar os ODS aos níveis subnacionais é fundamental para o alcance dos objetivos. Esse processo representa um exercício de sistematização do conhecimento disponível sobre a realidade local, de forma integrada e abrangente, permitindo uma análise mais profunda do contexto nacional. E com esse desafio em mente, PNUD e Itaipu Binacional se uniram neste projeto inovador de territorialização da Agenda 2030 e dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis. A iniciativa Oeste 2030: Cooperação para os ODS, traz para a realidade dos municípios ferramentas e conhecimentos que irão subsidiar a implementação da Agenda 2030 e dos ODS no nível municipal.

O projeto propõe diálogos intersetoriais para entender a realidade de cada município e estimular a municipalização dos ODS. Para que os diálogos sejam informados, o projeto também conta com um eixo dedicado a levantar e sistematizar informações e indicadores que visam apoiar a tomada de decisão local. Para isso, está sendo elaborada uma extensa base de dados municipais, com base em registros administrativos, a ser disponibilizada em uma plataforma web que servirá como linha de base para avaliar o avanço da Agenda 2030 nos 54 municípios do Oeste do Paraná.

O primeiro exercício de análise desta base encontra-se neste documento. Nas próximas páginas serão apresentadas alguns dos indicadores encontrados e análises que subsidiarão os municípios do Oeste do Paraná na elaboração de políticas públicas alinhadas com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Para se ter ideia, é possível verificar que entre 2010 e 2015 a região conseguiu reduzir o número de crianças desnutridas em mais de 47%, um avanço significativo na meta 2.2 dos ODS que visa acabar com todas as formas de desnutrição. Apoiar os municípios no alcance dos ODS é atividade central no esforço de auxiliar o Brasil no alcance da Agenda 2030. Essa iniciativa reforça o compromisso do PNUD na construção de uma sociedade mais inclusiva e sustentável, sem deixar ninguém para trás.

Faça download completo do documento clicanco no link abaixo:

https://oestepr2030.org.br/wp-content/uploads/2019/04/Corb%C3%A9lia-web.pdf 

Fonte: